Feeds:
Artigos
Comentários

O João Quer

O João quer comer pão

pediu também um cão

não sabíamos o que fazer

mas no fundo

ele iria escolher.

 

Saber o que ele queria

não conseguimos perceber.

O que é que ele quer?

 

Então o João

olhou para si

viu um menino mandão

então ele quis desaparecer

dali.

 

Foi sonho

Não realidade

Mas decidiu

dizer a verdade.

E saiu do seu coração a amizade

 

Mais do que nunca

o João decidiu

e toda a gente

por fim sorriu.

 

Pedro Ferreira, 10 anos

Anúncios

Modation Races

Hoje vou falar-vos sobre um jogo para a PSP chamado Modation Races. É um jogo de corridas de carros em que o objetivo é seres o campeão da tua carreira. Podes criar os teus bonecos ou os teus karts, mas atenção, tem um limite: tens de ficar em primeiro, segundo, ou terceiro lugar em todas as corridas.

Costumo jogar no sofá da sala, ou no puff do meu quarto, depois de fazer os trabalhos de casa, ou nos meus tempos livres.

Gosto deste jogo por vários motivos: primeiro porque se pode acertar nos outros pilotos com mísseis, raios, lasers, etc; segundo porque adoro criar coisas ao meu estilo e isso é possível; terceiro adoro jogos de corridas de carros.

Aconselho a todos que tenham PSP a compra deste divertido jogo.

Pedro Ferreira, 10 anos

O Mar

É muito bela a água do mar

feliz e sorridente não pára de soprar

 

Pelos ventos das marés

as ondas que aí vêm tocam nos meus pés

 

cheiro a maresia, por todo o lado

cheira bem meu querido mar salgado

quando me despeço de ti

sinto ternura no meu coração

 

Pedro Ferreira, 10 anos

Ar

tu a palavraAr”:

 

Pequena, pequenininha

tão simples

tão transparente,

que nem tu, nem toda a gente

aao vê-la passar

 

E afinal,

de tal modo essencial,

que sem ela não podias respirar!

(nem falar, saltar, brincar…)

 

Sofia Cardoso, 10 anos

Um barco no mar

Um barco no mar,

andava a ondular

ondas verdes e azuis

de espuma conseguia passar.

 

Um barco no mar,

outras terras ia navegar

para onde o vento o levar,

e quando lá chegar irá parar.

 

Um barco no mar,

estava a navegar mar

uma tempestade o fez recuar

e de novo ele quis voltar.

Francisco Crespo, 9 anos

O Figuinho

Quando eu passei na rua

nem queria acreditar

um pobre coitado de pele nua

não parava de piar

 

Apanhei-o devagarinho

vi que não estava magoado

estou a falar de um pardalinho

que tinha caído do telhado

 

Consegui que ficasse vivo

ao tratá-lo com carinho

hoje é um grande amigo

e o seu nome é Figuinho.

Rafael Marçal, 10 anos

As nuvens

Flutuam no céu como algodão

Agora brancas, logo cinzenta ou negras

e muitas formas engraçadas elas tomarão.

 

Em dias de tempestade correm no céu,

chuva, granizo e neve elas deitam

e toda a gente precisa de um chapéu.

Depois da chuva com o sol vem o arco-íris,

e as nuvens ficam com diferentes cores

e são lindas como colibris

 

Nos dias de verão embora elas se vão

pois o céu fica azul

e fazemos um piquenique no chão

 

Quando o sol se põe atrás das nuvens

elas ficam amarelas ou até vermelhas

e formam lindas paisagens

 

De noite ficam azuis e roxas

chamando a hora de dormir

e depressa as crianças se enfiam debaixo das colchas.

InÊs Arcângelo, 10 anos