Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Ema Monteiro’ Category

Os meninos do grupo do 3.º ano, quando viram os textos que têm sido publicados aqui neste blog, quiseram também participar com textos escritos por eles.

Ainda são muito simples como os seus pequenos autores, mas é com coisas simples que se constroem as mais complexas.

Desta forma transcrevo aqui o primeiro texto que me chegou. Quase não fiz correcções de forma a que ficasse original.

 

Era uma vez uma menina chamada Jelinda que gostava muito, muito de cantar, cantar e cantar. Todos os dias, cantava um bocadinho…

Até que um dia a Jelinda encontrou um rapaz de quem ela gostava muito, e a Jelinda disse:

-olá, eu quero dizer-te uma coisa. É que eu gosto de ti…

A Jelinda, não sabia que o rapaz de quem ela gostava era um príncipe. Quando ela soube, o pai dela viu o lindo rapaz que a sua filha tinha encontrado e o pai dela disse:

– Jelinda, eu não sei se te posso aceitar com esse rapaz de que tu gostas. Desculpa…

Mas o príncipe, meteu-se na conversa e disse:

– Jelinda, eu também gosto muito de ti, mas conhecemo-nos há tão pouco tempo, eu concordo com o teu pai. Ele tem razão, ele não me conhece, nem tu!!!

A Jelinda disse rápidamente a choramingar:

– O meu pai não manda em mim e, eu posso gostar de ti se eu quiser e eu quero…

De repente a Jelinda saltou e, aí beijou o príncipe à frente do pai.

O pai não tinha palavras que lhe viessem à cabeça, ele estava espantado por ver a sua própria filha a  beijar um rapaz que nem sequer conhecia, mas o pai da Jelinda sabia que podia confiar nela e ficou muito contente. Mesmo assim não sabia se o rapaz-príncipe era bom o suficiente para o bem da sua linda filha…

O príncipe ficou espantado por ver que a Jelinda gostava mesmo dele…E perguntou:

-Jelinda queres namorar comigo?

A Jelinda não hesitou e respondeu:

– Claro que sim…

A Jelinda chorava de alegria por finalmente namorar com o príncipe da vida dela…

Um dia eles casaram e tiveram filhos, mas antes disso, a Jelinda ficou espantada porque não sabia que ia ser uma bela princesa e ficou linda com aquele vestido…

O pai dela foi ao casamento e ficou muito feliz por ver que a sua filha agora estava a ter o melhor dia da sua vida. E gritou:

-Adoro-te, filha! Um dia muito feliz e uma vida também muito feliz…

Todos eles viveram felizes para sempre.

Vitória, vitória, acabou-se esta linda história…

 

Ema Monteiro, 8 anos

Read Full Post »