Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Afonso Valente’ Category

O meu grande amor

O meu grande amor ainda não apareceu, mas também ainda sou um pouco novo para pensar nisso.

Eu quero que ela tenha olhos azuis, cabelos loiros e que seja linda. Mas também pode ser muito gira e ser chata ou não gostar de mim e isso é mais importante que a beleza.

Ela pode ser uma gorda e ser o meu amor. Ela pode ser um pouco mais velha e ser o meu amor. O que eu quero dizer com isto é que não importa se ela é gorda, velha, ser gozada pelos teus amigos, tímida…o que interessa é o que está por dentro e se estiveres apaixonado não tenhas medo de avançar.

Não fiques à espera que ela um dia te disser que queria namorar contigo. Não tenhas pressa se ainda não a encontraste porque às vezes vale a pena esperar. Às vezes o teu grande amor é uma pessoa que é tua amiga e que esteja perto de ti e tu não te apercebeste e só vês isso quando estás sem ela, porque isso abre bem os olhos. E não trates mal aquelas que tentam ser o teu amor.

O amor é uma coisa que não se explica, é o coração a bater mais depressa, aquela comichão na barriga… O amor é um sentimento inesquecível e toda a gente já o sentiu.

Não desprezes as pessoas que te amam se já cometeram alguns erros e dá-lhes uma oportunidade. Não tenhas medo de que, quando começares a namorar com ela, os teus amigos gozem contigo.

Afonso Valente, 5º ano

Read Full Post »

Uma folha

Uma folha castanha

Caída no chão

Num dia de Outono

Apanhou-a o João

No Inverno ventoso e gelado

O seu ramo por ela chorou

À folha estava tão habituado

Que o seu regresso desejou.

Uma folha amarela

Mais parecia pau de canela

Num dia de Primavera

Transformou-se numa hera

Uma folha vermelhinha,

Que parecia uma palhinha,

Com a brisa de Verão

Soltou-se e caiu no chão.

Afonso 5º ano e Ana Clara 6º ano

Read Full Post »

A minha vida à 5ª feira

Para mim o melhor dia da semana é a Quinta-feira.

Quando me levanto de manhã, já estou todo satisfeito interiormente porque hoje vai ser um dia bacano.

Depois vou para a escola  bem cedinho porque tenho aulas logo da manhã. A melhor actividade é a aula de Inglês porque a professora é uma maravilha.  Gosto mesmo dela!

Depois das aulas, normalmente almoço na cantina da escola com os meus colegas.  À tarde vou para a sala de estudo no colégio, onde faço os meus trabalhos de casa e  estudo para os testes  até  às seis e meia.

Nessa altura vem a melhor parte do dia: tenho treino de futebol! Durante uma hora e meia corro, salto e pulo até cair para o lado….Mas é tão bom!…

Por fim, chego a casa muito cansado. Vou jantar e adormeço a pensar no dia de amanhã, ou seja… Sexta-feira, véspera do fim de semana.

Read Full Post »

O desporto

Primeiro que tudo tenho de me apresentar: eu sou o Afonso, um rapaz de dez anos que anda no quinto ano do ensino básico.

Nesta minha primeira composição, vou falar-vos sobre o desporto.

O desporto é um exercício físico, ou seja, exercício com o corpo. Para fazer desporto é preciso ter alguns cuidados, pois nós podemos magoar-nos sériamente.

Devemos fazer desporto em locais adequados, como por exemplo um  ginásio, ou em lugares em que tenhamos espaço ou em campos próprios para jogar.

O desporto faz bem  porque exercita os nossos músculos e depois aguentamos mais exercício físico e ficamos com mais força.

O desporto deve-se fazer com materiais adequados para cada desporto.

Como conclusão, o desporto faz bem. Todos nós devemos fazer desporto.

Read Full Post »

As minhas férias

No começo das minhas férias fui para Sesimbra com a minha mãe. Eu fui logo para o hotel. Vesti-me e depois fui para a piscina e para o jacuzzi ao ar livre. Fiz muitas coisas no hotel, tal como, jogar snooker, etc…

Depois fui para o algarve em estágio pelo Linda-a-Velha(o meu clube). Foi muito giro. Jogámos contra muitas equipas e dormíamos com os nossos colegas no mesmo quarto.

Logo a seguir  fui para uma ilha no Algarve, com o meu pai, tios e prima. De manhã ia para a praia, depois almoçávamos e à tarde ia para a praia novamente.

Depois fui para a terra dos meus avós em Castelo Branco na aldeia de Monsanto, com a minha mãe. Lá ia à piscina e saía à noite com os meus amigos.

Passado uma semana a minha mãe voltou para  Lisboa e eu fiquei com os meus avós mais um mês.

E assim se passaram umas férias.

Afonso Valente, 5º ano

Read Full Post »