Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Setembro, 2009

As minhas férias

No começo das minhas férias fui para Sesimbra com a minha mãe. Eu fui logo para o hotel. Vesti-me e depois fui para a piscina e para o jacuzzi ao ar livre. Fiz muitas coisas no hotel, tal como, jogar snooker, etc…

Depois fui para o algarve em estágio pelo Linda-a-Velha(o meu clube). Foi muito giro. Jogámos contra muitas equipas e dormíamos com os nossos colegas no mesmo quarto.

Logo a seguir  fui para uma ilha no Algarve, com o meu pai, tios e prima. De manhã ia para a praia, depois almoçávamos e à tarde ia para a praia novamente.

Depois fui para a terra dos meus avós em Castelo Branco na aldeia de Monsanto, com a minha mãe. Lá ia à piscina e saía à noite com os meus amigos.

Passado uma semana a minha mãe voltou para  Lisboa e eu fiquei com os meus avós mais um mês.

E assim se passaram umas férias.

Afonso Valente, 5º ano

Read Full Post »

O meu dia de anos

Olá eu sou a Mariana e faço anos dia 30 de Setembro.

Eu gosto muito de fazer anos  porque recebo muitas presentes.

Faço os meus anos amanhã às 6h15 da manhã e vou fazer 10 anos.

Como este fim de semana é grande, eu vou convidar as minhas amigas, a Marta, a Andreia, a Luísa e a Ana Rita e vou fazer uma Pyjama Party.

O que eu gostava de receber nos anos era um ipod, um relógio e um telemóvel novo.

A minha data de nascimento é 30-09-2009.

Read Full Post »

As minhas férias

Eu gostei muito destas férias, pois diverti-me muito. O que eu gostei mais de fazer foi ir à piscina com a minha irmã e com a minha amiga.

Eu passei as férias primeiro com os meus avós e depois com os meus pais.

Quando estava com os meus avós ia poucas vezes à piscina, mas, quando estava com os meus pais, já ia muitas vezes.

Estas férias gostei muito de ir à piscina com os meus primos e amigos.

Mariana Romana, 5º ano

Read Full Post »

AS MINHAS FÉRIAS

Finalmente chegaram as férias de Verão. Uns vão para o A.T.L., outros ficam em casa a dormir até tarde, enquanto os pais vão trabalhar…Mas eu não, o ínicio das minhas férias são na loja da minha tia, porque os meus pais estão a trabalhar. Tenho de me levantar cedo (como habitualmente). Passadas duas semanas, como já estava saturada de estar na loja, os meus pais increveram-me num acmpamento!

Chegou o dia do acampamento e só havia malas por todo lado. A carrinha ia cheia (de pessoas e de bagagem). A minha melhor amiga também tinha ido, por isso fiquei mais descansada. Tinham passado cinco minutos, e já éramos todos amigos, pois conversávamos muito.

Chegámos!!! Fizemos muitas coisas: montámos tendas, fizemos almoços, fizemos jantares, caça ao tesouro…O típico dos acampamentos. Mas o que eu tenho a dizer é que foi uma experiência fantástica.

Depois vim cá para o A.T.L. fazer praia durante uma semana. A rotina era ir para a carrinha, sair da carrinha, ir para a praia, tirar a roupa, estender a toalha, fazer buraco na areia, ir à água. Também foi fixe.

Quando chegou o fim-de-semana os meus pais levaram-me para Espinho (onde fiquei duas semanas com os meus tios e as minhas primas). No dia sequinte os meus pais  foram embora porque não estavam de férias. A partir de segunda-feira começou a rotina de férias: praia de manhã, piscina à tarde,  ver televisão, dormir. Foi muito, muito, muito, muito divertido.

Os meus pais vieram buscar-me e levei comigo a minha prima. Também íamos sempre à praia, às vezes ao centro comercial. Depois ela foi-se embora e eu fiquei sozinha com o meu irmão.

E assim se passaram umas férias.

Raquel Silva, 7º ano

Read Full Post »

O baptizado da minha irmã

No baptizado da minha irmã os meus primos vieram a minha casa e a minha avó e a minha tia também. Eu, os meus primos e os meus irmãos fomos com a minha avó almoçar a casa dela , e a minha mãe e a minha tia ficaram a almoçar em minha casa.

Depois do almoço, eu e os meus irmãos fomo-nos embora para nossa casa para nos vestirmos correctamente para podermos ir baptizado da minha irmã. Quando partimos já estava lá o meu primo de 15 anos e o seu meio irmão Ricardo. Também lá chegou depois a minha tia a minha tia Mila, e depois chegaram as minhas madrinhas de quem eu gosto muito.

Quando começou a cerimónia a minha irmã estava cheia de fome e começou a chorar mas lá a minha mãe lá a calou. As madrinhas eram eu e a minha tia Rosa Maria. Quando acabou a cerimónia fomos todos para minha casa fazer um grande lanche. Gostei muito deste dia em que me tornei madrinha.

Luísa Chumbinho, 5º ano

Read Full Post »

Momento Inesquecível

O grande dia tinha chegado. Finalmente ia acampar com os Escuteiros de Lisboa.

Era Verão, mas o tempo estava estranho, com nuvens e chuviscava um bocadinho. Cheguei ao local combinado com os escuteiros de Alfragide, por volta das seis e meia da manhã. Tínhamos que ir cedo, pois a viagem para o nosso destino era longa. Era suposto partirmos às sete com os escuteiros da Reboleira, mas houve um engano e eles partiram sem nós. Estivemos á espera do autocarro mais hora e meia, até que  ele lá apareceu.

Como a viagem até Ferreira do Zêzere ainda era longa, fomos a ouvir música, a cantar, e a falar uns com os outros. Houve até quem comesse durante o caminho!

Quando finalmente chegámos, saímos do autocarro, tirámos o material, e tivemos que andar um bocado a pé até à nossa zona. Ficámos todos encharcados até aos ossos, mas valeu a pena. O campo era enorme e cada agrupamento tinha direito a um sítio para montar as tendas e construir uma mesa e uma cozinha. Quando terminámos as construções almoçámos e começámos o programa de actividades.

O tema do acampamento era “Homens Novos para uma Nova Humanidade” e falava sobre como salvarmos o nosso planeta. O acampamento era como uma “competição”. Fizemos bastantes jogos, andámos muito, fizemos actividades náuticas, conhecemos e fizemos bastantes amigos de Lisboa e arredores. À noite havia jogos nocturnos e apresentávamos peças de teatro sobre um resumo do dia.

No último dia à noite houve uma festa de encerramento com música, dança, teatro, apresentação de fotografias e muito mais …

No último dia tínhamos que desmontar tendas, cozinhas, mesas, arrumar material e a nossa roupa. Não gostei do último dia, pois tivemos que nos despedir de todas as pessoas que tínhamos conhecido e foi triste, mas por outro lado gostei muito da experiência.

No regresso para Alfragide viemos a ouvir música, mas estávamos tão cansados que acabámos por adormecer todos. Quando chegámos tínhamos os pais todos à nossa espera, ansiosos por nos verem e nos irem meter na banheira.

Gostei muito e diverti-me bastante, não me importava de voltar a repetir porque aprendi muito e cresci bastante como escuteira!

Carolina Gonçalves, 8.º ano

Read Full Post »

Ser Amigo

Para mim, ser amiga é ajudar algum amigo que precise de conselhos ou de apoio , seja seja qual for a circunstância. Ser amigo é, também, saber partilhar .

Tento estar presente quando algum amigo precisa de mim. Gosto de ser amiga porque gosto de estabelecer relações de amizade para me rir,  divertir-me e, todos juntos, sermos unidos.

Procuro ver os meus amigos felizes e gosto que desabafem comigo porque é um gesto bonito e porque os gosto de ajudar. Ao ajudarmos os nossos amigos fazemos com que o laço da nossa amizade vá aumentado e a relação vai-se tornando cada vez mais forte e mais próxima.

Carolina Gonçalves, 8º ano

Podermos partilhar gostos, segredos e opiniões faz também de nós amigos.

Read Full Post »

Older Posts »